quinta-feira, 13 de junho de 2013

Eu sou mais que um blog



Pelos vistos não estava claro que:


- Se eu quisesse dizer quem sou, enquanto autora deste blog, dizia. 
- Não o fiz.

- Se eu quisesse promover-me e promover os blogs que tenho, fazia-o.
- Não o fiz.

- Se eu gostasse de falar com quem me conhece, sobre o blog, fazia-o.
- Mas não o faço.

- Se eu quisesse dizer à minha família que tenho um blog, dizia.
- Mas nunca, nunca, disse.

- Se eu quisesse que a minha família me viesse fazer perguntas, pedir explicações e vasculhar, sobre o que escrevo... em vez de ter um blog, escrevia-lhes cartas todos os dias.
- Não o faço.

- Se eu achasse bonito os meus pais ouvirem-me dizer ou escrever "caralho", "foda-se" e "puta", dizia-lhes.
- Mas nunca disse.

- Se eu não conhecesse a diferença entre aquilo que um pai pensa que um filho é, e aquilo que um filho realmente é, então não teria um blog onde escrevo como mulher para ter antes um blog onde escrevesse como filha.
- Mas não tenho.

- Se eu não conhecesse os limites da boa educação e decoro que se deve ter para com um pai, tinha-lhes exibido este blog com orgulho.
- Nunca exibi.

- Se eu achasse que os pais têm de saber tudo sobre a vida dos filhos, não me teria importado que me lessem os diários na adolescência.
- Mas importei.

- Se eu estivesse numa posição justa e soubesse das venturas e desventuras de todos os que vêm até aqui para me ler, aceitaria que andassem a espalhar as minhas, à minha revelia, junto dos meus.
- Mas não estou.

- Se eu fosse só uma personagem por trás de um blog não me importaria que falassem de mim.
- Mas não sou.


Desculpem-me, mas não tenho assim tanto orgulho na minha inteligência e no que escrevo para andar a falar no blog por aí, por isso, não tomem essa iniciativa por mim.




8 comentários:

  1. És mesmo mais que UM blog...
    No mínimo és DOIS Blogs...

    Pois também tens o Black Velvet (http://blackvelvetblack.blogspot.pt/)... ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahaha, tu sabes é muito, ó sócio :)
      Temos de ressuscitar isso não é?
      Beijos

      Eliminar
  2. faço do jon gavin as minhas palavras.

    um beijinho grande
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora os meus dois fotógrafos preferidos a unirem forças :)
      Já agora, o teu novo site está fantástico e já está ali na lista dos favoritos.
      Beijinhos :)

      Eliminar
    2. é pá, nem tinha reparado, és uma querida!

      beijinho

      Eliminar
  3. E não se confunde, por vezes, a realidade com esta coisa da ficção bloguiana? Ou não haverá quem confunda?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que acontecem as duas coisas.
      É inevitável que quem lê confunda a ficção e a realidade e é, igualmente, inevitável que quem escreve também se deixe levar.
      Mas eu gostava de ter controlo disso e vejo que não tenho.

      Eliminar
    2. Bem mais complicado do que aparenta. Talvez seja tudo e só a mesma coisa. Mas uma que não tem lugar na dita realidade. Isto é só uma teoria. Uma que não desenvolvi muito bem.

      Talvez isto seja aquele estádio intermédio de que falava freud. Um do qual temos conhecimentos e alguns reflexos. Mas que nós próprios alimentamos.

      bahh, enfim, teorias.

      Eliminar