sábado, 24 de outubro de 2015

O [verdadeiro] problema das mulheres

NORMAN PARKINSON



- Gosto tanto desse vestido, que gira!

- Que giro esse vestido, ficas tão magra!

- Quando olhei nem te conhecia, por causa desse vestido e por estares tão magra...

- Estás tão magra, tens a certeza que está tudo bem?

- Estás tão magra, estás doente?

- Estás magra demais, esse vestido não te fica bem.

- Tão magra, de vestido justo e preto... fica esquisito não achas?

- Vestido preto??? Está tudo bem? Aconteceu alguma coisa (morreu-te alguém?)?

- Credo. Não gosto de te ver de vestido preto. 



E é isto: uma pessoa começa o dia em altas e acaba em merdas.

Contudo, não obstante, porém, vejo um lado positivo nisto: desperto o lado fashionista no mais insuspeito dos trolhas. 

Em resposta ao título do post - Não, o verdadeiro problema das mulheres não é SÓ sermos invejosas e gostarmos de nos mandar abaixo. O verdadeiro problema das mulheres é sermos tão escrutinadas pela sociedade (cliché real e comprovado).

Pasmem-se mas a maioria destes cometários foram proferidos por... homens.
Tão exigentes connosco  e tão pouco exigentes com eles mesmos... se não fosse irónico, chegava a ser engraçado.


[E isto de ter ficado magra está-me a deixar um amargo de boca porque todos os dias, a toda a hora, as pessoas sentem-se no direito de me dar a sua opinião, quando eu nunca a peço. Nunca pedi. 
E se eu voltar ao que era? Vão ter o quê para me dizer?
Pois...]



Sem comentários:

Enviar um comentário