sábado, 2 de junho de 2012

Um dia "livro"- me dos Cães



Ai, ai, ai... Que ando, novamente, com más ideias.

Da primeira vez esta má ideia começou assim!
Comecei a avançar, a ficar entusiasmada em ter uma coisa minha, e lá saiu isto!
Só para ajudar à festa ainda houve quem quisesse receber em casa um exemplar e eu, toldada pela vaidade, enviei-os por todo o país e até para o outro lado do oceano, devidamente aprumados!

Agora, numa fase em que tenho tanto para me entreter mas tão pouco tempo, voltei a ter más ideias.

Dilemas e mais dilemas...

Não sei se solte novamente os Cães ou os acorrente cá em casa.

Ai, ai, ai... Dilemas e mais dilemas...




14 comentários:

  1. Solta!
    Estou curioso para ler essas "feras"! =)

    ResponderEliminar
  2. Acho que desta vez ias (vais?) mesmo ter de limitar a tiragem :)

    ResponderEliminar
  3. Solte-os mas não lhe ponha açaimes, deixe que rosnem, que lambam, que cheirem... Se lhes apetecer morder, deixe, já os largou... eles farão o que quiserem...
    Eu, se me vierem parar à porta, vou afagá-los, cocegá-los na cabeça, e ler-lhe nos olhos...
    Beijos sabatinos
    Raul

    ResponderEliminar
  4. solte os cães!
    revisito bastante o magnífico exemplar que recebi.
    o que vale a pena deve ser MUITO divulgado.
    obrigado de novo.
    abraço
    Armando

    ResponderEliminar
  5. Se não tiverem pulgas, carraças nem raiva, soltem-se os bichos, pois.

    ResponderEliminar
  6. Solta-nos os cães. Não tenho nenhum. Cheguei tarde :-(

    ResponderEliminar
  7. Ah, mas eu adoraria conhecer este "cães"!! Vou adorar tê-los por aqui!! :)

    ResponderEliminar
  8. No meu caso, como tenho estado afastada das leituras receber um exemplar seria garantir um bela leitura em Cabo Verde! beijinhos minha amiga e continua no bom caminho

    ResponderEliminar
  9. Desta vez sai uma resposta colectiva.
    Como não sou pessoa de andar a remoer muito tempo no assunto, já decidi:
    Não vai haver livro.
    Economicamente é inviável andar armada em Madre Teresa de Calcutá dos livros.
    Assim, desculpem-me o falso alarme, mas não vai dar.
    Vamo-nos encontrando por aqui, e eu muito agradeço a vossa companhia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já to disse e repito bem alto, EU PAGAVA PARA TER UM LIVRO TEU, MIÚDA!

      (sabes que os sonhos não se matam assim, não sabes? ;) vai continuar a vaguear nessa cabeça...

      Eliminar
  10. Tenho pena de não ter apanhado a "fornada" de quando ainda serias a Madre Teresa...fico a aguardar por mais um acesso de altruísmo... :D

    ResponderEliminar
  11. http://confissoesdarosana.blogspot.com/

    ResponderEliminar