sexta-feira, 21 de março de 2014

Um poema simples



Dependurada estava a palavra

Dita por boca descontente

Proferiu-se uma rima desconcertada

Apontaram-se dedos 

E gentes



Aquietou-se o espírito de contesto

Calou-se a boca que muito falava

O regozijo foi manifesto

Por todos aqueles que

A condenavam




(Dia mundial de poesia)


Sem comentários:

Enviar um comentário