segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Hoje queria...



Eu bem sabia que havia de voltar para falar deste assunto, apesar do dia ter sido mais ligeiro do que perspectivei.
Não paro de pensar em todos os clichés que queria que fizessem parte da minha vida neste momento. Neste  preciso momento. Tipo, mesmo, mesmo agora.
1. Queria ter saído cedo do trabalho e depois baldado ao ginásio, por ter alguém à minha espera;
2. Queria chegar a casa e não ter de sacar da chave porque alguém do lado de lá da porta a abriria depois de ouvir a campainha (e agora que penso nisso, vejo que nunca toquei na minha própria campainha... estranho vazio que agora senti);
3. Queria "aquele" abraço apertado como se me fosse tirar as forças, ou "aquele" abraço que diz "descansa, agora tomo eu conta de ti";
4. Queria um banho de imersão preparado para dois;
5. Queria vestir uma roupa que ele amasse para passar a noite a elogiar-me com os olhos;
6. Queria ir jantar fora (é o cliché mais cliché mas eu queria na mesma ok?) e depois ir para os copos;
7. Queria dar as mãos;
8. Queria um beijo;
9. Quereria mais beijos com o avançar da noite, porque nada paga uma troca de beijos desgovernada pelo álcool;
10. Queria entrar no carro e sentar-me no lugar do passageiro e ser conduzida em vez de conduzir;
11.  Queria entrar em casa e sentir o calor de dois;
12. Queria deitar-me com uma massagem de avanço;
13. Queria encostar-me no ombro de alguém e deixar as mãos percorrerem-lhe o corpo como se lhe conhecesse todos os caminhos;
14. Queria ter capacidade de amar e de deixar alguém me retribuir.

Hoje apenas queria pequenas coisas que alguém, também hoje, estará a deitar fora por não saber o que é amar. 




3 comentários:

  1. gostaria de ter isso TUDO em todos os outros dias do ano, menos hoje! mas isso sou eu que sou do contra em tudo e como nao poderia deixar de ser, do contra de este dia também!
    e vê o lado positivo da coisa -> é o pior dia para ir jantar fora mas sem dúvida o melhor para ir ao ginásio e ao supermercado! ; )
    bjo de outra solteirona!
    (comprei chocolate no super)
    maria

    ResponderEliminar
  2. Hoje comecei o dia com namorada, esperei ansiosamente no trabalho pelo fim do dia de modo a usufruir destes pequenos pormenores, que nunca liguei anteriormente. hoje comecei o dia feliz, e acabei a chorar trancado no carro enquanto a chuva abafava o ruído das minhas lágrimas. hoje comecei o dia com namorada, hoje acabei o dia sem ela.

    P.Gadanho

    ResponderEliminar
  3. Tinha para mim, que não iria nunca comentar os comentários, mas este merece. Tu não sabes, mas eu digo-te, que te vi no primeiro dia do ano a passear, de ar apaixonado, pela Praça do Giraldo. Não te chamei para não cortar o teu momento. Lamento agora que a imagem que retive se tenha perdido. E tu também não sabes, mas eu digo-te, que este dia também marcou na minha vida um princípio e um fim. No mesmo dia. Chorar faz bem. Faz-nos sentir bons, num momento em que até fomos maus. Chorar justifica os maus actos por mostrar que somos, tão simplesmente, humanos.
    Não vale a pena passar-te a mão pela cabeça. Está a doer. Vai doer mais. Deixa doer.
    Bj

    ResponderEliminar