segunda-feira, 26 de maio de 2014

Peónias





O cheiro a peónias,
Já não sei onde o senti.
Terá nascido nas tuas mãos,
Nesse pescoço que beijei,
Ou foi nos lábios que mordi?

O cheiro a peónias,
Sei eu bem onde o vi.
Foi na frescura desse amor,
Foi no calor do teu arfar,
Foi nas palavras ditas por ti.



2 comentários:

  1. Peónias... quando era miúda adorava o nome desconhecendo a flor. Obrigada pela recordação, não pensava nisto há imenso tempo.

    ResponderEliminar