terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Ser homem


Porque vos admiro:

- São pragmáticos. Não complicam o que é simples.
- Não brigam por tretas e rapidamente fazem as pazes.
- Para vocês nem são pazes, apenas nos dão razão para não se chatearem mais.
- Aliás, vocês não brigam: defendem um ponto de vista.
- (E quase sempre têm razão). 
- Pensam menos. Agem mais.
- Não perdem tempo com gente que não interessa mas, quando precisam de o fazer, desembaraçam-se depressa e de modo limpo.
- São sempre porreiros entre vocês. Aplaudo a solidariedade masculina. 
- Pulam a cerca sem pesos de consciência (e por mais que eu abomine isso.... Caramba! Secretamente também gostaria de o fazer).
- Acham sempre que são grandes mestres de culinária sem o serem. Agrada-me que pelo menos nisto tenham espírito de iniciativa.
- As nossas mães gostam sempre mais de vocês, do que as vossas mães gostam de nós. E vocês tomam sempre o partido das mães. Isso é bonito! Afinal de contas, estão a defender o que é verdadeiramente vosso.
- Esquecem-se sempre de comprar presentes mas sabem sempre assumi-lo com um ar engraçado. Além disso já ninguém espera melhor de vocês. Estão sempre perdoados.
- Quando fazem malas de viagem limitam-se ao kit básico de sobrevivência. Não levam dez pares de cuecas para três dias de férias.
- Não se preocupam com limpezas e arrumações da casa. Há coisas mais importantes para fazer na vida.
- Compram uns sapatos quando precisam e raramente o fazem por mero capricho.
- Se vão comprar uma camisola azul, não pedem para ver a amarela, a verde e a vermelha.
- Não gostam de fazer a cama, assumem-no e não a fazem. 
- Gostam e gozam mais das coisas boas da vida.
- Pensam menos no futuro e vivem em grande o presente.
- Ninguém vos vai apontar o dedo se não fizerem a barba, não se depilarem ou tiverem olheiras.
- Não sabem o que é estar menstruados, ter dores de ovários, ou viver com a preocupação de tomar a pílula.
- Não se preocupam com casamento e filhos, porque deixam em aberto que a realização de uma vida possa vir por outros caminhos.
- São pouco esquisitos com a bebida, com a comida, com o tabaco... e com as mulheres.
- Têm sempre cerveja no frigorifico. Em caso de faltar a água pelo menos não desidratam.
- As vossas crises de meia-idade são mais hilariantes que as nossas.
- Com a idade vocês vão precisar de Viagra por boas razões, enquanto nós vamos tomar Xanax para deixarmos de as ter.


Parece que agora tenho de fazer a ressalva de que não se trata de um texto sobre as características gerais dos homens. Comecei por frisar que estas são as razões "Porque vos admiro"... Por mais idiotas que sejam, são as coisas que vejo nos homens que me fascinam.







4 comentários:

  1. Pois, realmente parece que está cheio de estereótipos que não têm muito a ver com a realidade... poderia dizer-se que são coisas que admiras tanto em homens como em mulheres.

    ResponderEliminar
  2. Mas não começo por dizer "porque vos admiro"?
    Não digo "todos os homens são assim", pois não?
    Não vale a pena complicar ou ler nas entrelinhas... Só vos queria elogiar. Desta vez era mesmo só isso.
    Mas eu sabia que isto ia dar mau resultado... Eu sabia... ;)

    ResponderEliminar
  3. Opá, era o mesmo que eu fazer isso em relação às mulheres e tu ires ler e achares que está cheio de coisas que achas que não têm a ver com o género das pessoas. Mesmo que sejam estereótipos positivos, ninguém gosta de achar que está a ser mal representado pronto.
    E eu estive para não comentar nada que era para não te chatear ou ofender, mas acho que consegues escrever melhor e de forma mais precisa. Quando eu escrever coisas que tu achas que está cheia de disparates também agradecia que comentasses alguma coisa.
    E antes que leves a mal, eu não estou a querer brigar. Estou só a defender um ponto de vista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahaha... Afinal ainda disse alguma coisa acertada no meio daquilo tudo, vês? E eu sou uma miúda cool! Não me chateio nada contigo e até aprecio que apareças por aqui e dês a tua opinião. E isto é mesmo sincero.
      E quanto às expectativas sobre o facto de eu vir a escrever sempre cada vez mais e cada vez melhor... Não prometo. Todos temos os nossos dias meu caro! Oh, se temos!
      ;)

      Eliminar